Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

We're back

Voltámos.

Há muito, muito tempo que não me sentia tão feliz por voltar a casa. Geralmente fico triste, a suspirar pelos cantos, relembrando os dias maravilhosos no sotavento algarvio, como se a vida por cá fosse ruim (e não é).

Poder-se-ia pensar que esta felicidade no regresso teria que ver com umas más férias, mas foi exactamente o contrário. Há muito tempo que não tinhas umas férias tão retemperadoras, tão boas, tão felizes. São sempre, na verdade, mas estas... estas tiveram algumas nuances que as tornaram mesmo especiais. Talvez justamente por isso, o regresso foi de alegria e não de angústia ou nostalgia. A máquina de lavar roupa já está a bombar, ainda há malas abertas no corredor, mas a alegria dos miúdos por chegarem à sua casa conseguiu ser quase comovente. Afinal, já não vinham a casa há quase 2 meses! O mais enternecedor foi o Mateus, que há quase 2 meses dorme numa cama de viagem (primeiro em casa da avó, depois em casa dos avós, depois no Algarve). Quando chegou à sua caminha, esticou as pernas, abraçou a almofada e sorriu de olhinhos fechados. Que amoooooor! 

 

6 comentários

Comentar post