Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Um pedido

A todos os que partilham a história do dador que desistiu... peço-vos: não julguem. Não atirem pedras. Vocês não sabem o que se passou. Pode ter-se assustado. Pode ter descoberto um problema de saúde. Pode um sem-número de coisas que nós não temos conhecimento. Se queremos que ele reconsidere, bora não atacar? Eu sei que estamos todos em crise, que estamos todos sedentos de sangue, de julgar os outros, de largar à dentada por qualquer coisa, seja uma mala Chanel, seja um tom afectado de voz, seja uma palavra fora do sítio, seja uma pessoa com dúvidas e receios perante algo que, a nós que estamos sem esses sapatos calçados, nos parece impossível. Eu sei que estamos assim, com os nervos à flor da pele, capazes de nos atirarmos ao pescoço do primeiro que se puser a jeito. Mas... não é isso o que importa agora, pois não? Agora importa partilhar a mensagem para que este dador, se não tiver nenhum motivo de peso, possa reconsiderar. Se o apedrejamos... é pouco natural que ele reconsidere. Certo?
Obrigada.
O post relativo a esse assunto está AQUI.

22 comentários

Comentar post

Pág. 1/3