Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Trabalhar dá saúde (sobretudo mental!)

Ainda a propósito do post anterior: se eu não trabalhasse, se estivesse 24 horas por dia com os meus filhos (ou seja, se eles não tivessem escola e ficassem seeeeeeempre em casa), eu seria muito pior mãe do que sou e teria, com toda a certeza, apenas um filho. Se, por engano, tivesse tido mais do que um... era menina para já estar internada num hospício, sempre numa salinha almofadada, a repetir frases sem sentido.

É que isto é duro, senhores. Isto é duro.
Tenho muitas saudades de trabalhar!

9 comentários

Comentar post