Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Telefone estragado no Dia da Mãe

No Dia da Mãe fomos almoçar a um sítio que eles adoram (e nós também). Foi na Mercantina do Chiado que nasceu a designação de um dos meus grupos de amigas (Pannacottas), foi lá a festa de aniversário-surpresa da minha querida Inês, é lá que vamos muitas vezes em família. Enquanto esperavam pelo almoço e, mais tarde, pela sobremesa, os miúdos brincaram ao "telefone estragado". Para quem não sabe o que isso é (quem não?), trata-se de dizer uma frase ao ouvido de um, esse receptor tem de repetir a mesma frase (ou o que tiver entendido dela) ao próximo, e assim sucessivamente até que o último receptor tem de dizer em voz alta a mensagem que lhe chegou. A ideia é ver se a frase final é igual à inicial. O mais giro é quando são totalmente distintas. 

telefone.png

4463946160_IMG_3528.JPG

4463946160_IMG_3526.jpg

No final, as sobremesas vieram com um cartão com a palavra "Mamã" recortada e um coração, para que as crianças pudessem preencher as letras recortadas com açúcar em pó ou canela e, depois, ao remover o cartão, a palavra e o coração ficassem inscritos no prato. Sweet! 

4313490944_IMG_3561.JPG

4313490944_IMG_3562.JPG

 

 

 

1 comentário

Comentar post