Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Santuário

No sábado passado fomos buscar o Mojito à sua outra casa: a quinta do Ricardo Oliveira, da Animal Positivo.

Já aqui falei várias vezes nele porque é das pessoas mais queridas, mais sensíveis e mais espectaculares que conheço. 

O Ricardo vive para os animais. Atenção, não é "vive dos animais" (apesar de ser esse o seu trabalho, efectivamente). Ele vive para eles. Ele abdica de tudo por eles. De descanso, do conforto, de férias. Eu diria, até, um bocadinho de viver para lá dos bichos. Porque, para ele, os animais são tudo. O modo como cuida de cada um, como resgata os que pode de vidas miseráveis (e mortes certas), como não dorme quando algum está doente, como sofre se algum morre... é de alguém mesmo muito especial. 

Agora, na quinta-hotel-e-escola onde vive e trabalha, o Ricardo criou um Santuário. O seu Santuário. Há porcos, ovelhas, cabras, um cavalo, galinhas e um galo, uma vaca, um burro. Deu nomes a todos e eles vêm ter com ele como quem vem ter com um pai. Até o galo se deixa pegar, encosta a cabecinha e fecha os olhos para receber mimos. Nunca tinha visto um galo comportar-se assim. Este homem é um verdadeiro encantador de animais. E merece o melhor desta vida. 

IMG_4011.JPG

IMG_4001.JPG

IMG_3980.JPG

IMG_3979.JPG

FullSizeRender-9.jpg

FullSizeRender-10.jpg 

IMG_3982.JPG

A Animal Positivo é escola (o Ricardo consegue milagres na educação dos nossos amigos patudos - o Mojito é hoje um senhor graças a ele) e é hotel.

Podem saber mais AQUI.

 

12 comentários

Comentar post