Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Santos e pedaladores

A pessoa bem tenta ser regrada mas depois ou é um aniversário ou mais uma festa de arromba, uma ocasião social que inclui iguarias irresistíveis ou néctares dos deuses, e a pessoa não é de ferro. De maneira que no sábado fomos aos Santos (que é a altura em que mais gosto desta cidade) e no domingo não encontrei coisa melhor para fazer do que ir pedalar para Cascais. Problema: estava um vento ciclónico. Só para se ter uma ideia, havia uma segunda praia ao lado do Guincho, mais concretamente na estrada. O vento arrastou um monte de areia tal que uma autocaravana ficou lá atolada e foi preciso uns 5 ou 6 marmanjos para a empurrar dali para fora. Eu e o Lourenço (e mais uma série de ciclistas que não conhecemos), apeámo-nos das biclas e seguimos com elas ao ombro para ultrapassar aquele areal inusitado, fazendo um verdadeiro esforço para caminhar de encontro ao vento, que nos atirava com areia como se fossem agulhas.

Pedalar assim é pior do que mau, é horrível. Subir até ao cruzamento da Malveira já é lixado (a subida é interminável) mas com vento é impossível. Quer dizer, para mim foi impossível. O Lourenço seguiu, eu fiquei à espera dele a meio caminho, para depois descermos juntos. Depois, já na Estrada do Guincho, podia ter morrido mas não devia ser a minha hora. Um idiota a conduzir um Mercedes achou que era giro ultrapassar um autocarro a alta velocidade, aparecendo-me de frente, na minha faixa, e obrigando-me a atirar-me para a berma. Relembro que, nestas bicicletas de estrada, temos os pés presos aos pedais, pelo que estou até agora para saber como consegui não cair (caí depois, mas foi quase parada). Se não me tivesse atirado para a berma tenho a certeza de que ele me teria acertado. Uma pena não ter uma câmara no capacete que lhe tivesse filmado a matrícula. Aquilo, sim, era uma carta bem sacada. Camelo!

Éramos para ter feito 60 km mas ficámo-nos pelos 40, ainda que a sensação foi a de termos uns 100!

IMG_0266.JPG

IMG_0283.JPG