Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Rota da Saúde #10: A canja cura a gripe?

cj.jpg

Quem é que nunca ouviu alguém dizer: "Estás com gripe? Toma lá esta canjinha que ficas boa num instante." Há sempre uma avó, uma tia, uma madrinha que acredita piamente ser esta a receita infalível para curar não apenas a gripe mas as doenças todas que nos batem à porta. Uma febre, uma indisposição e lá vem o conselho "sábio": canja de galinha.

A verdade é que até há ditados populares que enaltecem o poder da canja: "Cautela e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém". Pois. Mas e bem, fazem? Será que a canja é mesmo eficaz no combate ao vírus da gripe? A resposta é: não cura a infeção, mas ajuda a fortalecer o corpo e aliviar alguns sintomas, como a coriza (pingo no nariz) e a fraqueza.

Originalmente, a canja é um prato asiático, que terá sido divulgado por Garcia de Orta, o médico da corte portuguesa que vivia na Índia no século XVI. No Estado de Malabar, onde se encontrava a antiga colónia de Goa, a “kanji” – como era conhecida – era muito popular. À mistura de água com arroz dos indianos, os portugueses viriam a acrescentar legumes, tempero e galinha, transformando-a na canja dos dias de hoje.

Canja de galinha: o segredo está no frango?

A combinação clássica da canja de galinha tem arroz, frango, cenoura e caldo. A cebola e o alho, usados no tempero, são alimentos imunomoduladores, que contribuem para o bom funcionamento do sistema imunológico. Mas o grande responsável pelo fortalecimento do corpo é o frango. Rico em zinco, um mineral que acelera a produção de glóbulos brancos, acaba por tornar o sistema imunológico mais eficiente. Além disso, a carne de galinha cozinhada liberta cisteína, que é um aminoácido importante para a expetoração que fica acumulada nas vias respiratórias. A cisteína atua sobre o muco pulmonar e torna-o menos espesso, agindo como a acetilcisteína, que se encontra em medicamentos para descongestionar pulmões.

Se quiserem saber mais, podem ler tudo AQUI.

 

(Esta rubrica é uma parceria com a Lusíadas Saúde)

8 comentários

Comentar post