Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Queridos, vou mudar de escritório! #1

Nestes anos de freelance nunca senti falta de pessoas. Afinal de contas, vivo rodeada de gente, faço entrevistas, tenho 4 filhos, e há sempre barulho e agitação para dar e vender na minha vida. São quase 7 anos de trabalho em casa e sempre achei que era o paraíso. Quando tinha falta de gente, o remédio era simples: ia a uma das redacções para as quais colaborava e ficava lá um bocado. E se era verdade que me sentia lá bem, rodeada de pessoas, também não é mentira se disser que o melhor momento era aquele em que me despedia de todos, sabendo que eles não podiam sair, e eu sim. Eles tinham de ficar fisicamente ali a trabalhar, já eu posso trabalhar em casa, numa esplanada, na praia... onde me apetecer. Assim como posso fazê-lo das 9h às 18h, ou das 18h às 3h da manhã, ninguém tem nada com isso. Sou eu que giro o meu tempo e o meu espaço, e isso é perfeito.

Foi quando estive com o CocoFit no Get Fit Market, organizado pelo mercado Time Out, que percebi uma coisa:

apesar de ainda não me ter dado conta, eu tinha efectivamente falta de gente na minha vida. Estar ali durante aqueles dias fez-me produzir mais só pelo facto de estar rodeada de tanta gente. Falei com a vizinha do lado, troquei impressões com a vizinha da frente, soube de uma história interessante ao conversar com outra pessoa que lá estava, e percebi: espera lá, que isto faz falta. Trocar ideias, partilhar informações, piadas, músicas, ouvir e falar. Dar e receber. Na verdade, dei por mim num fervilhar que já não recordava, com vontade de fazer mais coisas, ter novas ideias, só pelos inputs que fui recebendo. Guardei a sensação para mim, mas passados uns dias partilhei-a com o Ricardo e com alguns amigos.

Por isso, quando a Ana me juntou à Inês num chat do WhatsApp e perguntou o que achávamos da ideia de partilharmos um escritório nem hesitei: disse logo que sim! Juntou-se-nos entretanto a Bárbara e em menos de nada andávamos a ver escritórios e em menos de coisa alguma estávamos a assinar os papéis. Somos neste momento as orgulhosas arrendatárias de um lindo escritório no Chiado que já baptizámos: é o The Woffice! (alusão à série e ao facto de ser só mulherio)

O escritório está vazio, falta-lhe tudo mas estamos a tratar do assunto! E vai ficar lindo! A querida Ana Rita Soares, fantástica designer de interiores que fez parte do "Querido Mudei a Casa" está a ajudar-nos a transformar o nosso espaço n'O espaço! Ao longo das próximas semanas vamos mostrando a evolução, através de um conjunto de vídeos produzidos pela Luneta (sou fã desde que fizeram o vídeo da surpresa que fiz ao Ricardo no nosso 15º aniversário de casamento). Vai ser épico! Ou, como dizia a Bárbara no outro dia sobre esta nosso quarteto, ... "não sei se o Universo está preparado". 

 

 

 

 

 

15 comentários

Comentar post

Pág. 1/2