Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Pílula/enxaquecas

Quando comecei aqui a falar das minhas enxaquecas, que começaram para aí há um ano e que, nos últimos meses têm ficado tão severas que até já tive de ir para o hospital por não suportar nem mais um minuto, houve imensa gente a comentar que podia ser da pílula. Pessoas que relatavam que mal tinham deixado de tomar a pílula ou mudado de pílula as enxaquecas tinham sumido, como que por magia.
Esses comentários deixaram-me a pensar no assunto. Vai daí e deixei de tomar o comprimidinho diário, para ver o que acontecia. Tudo com muito cuidadinho, para ver se não aumento a família, mas lá andei, o mês inteiro liberta de estrogénios e progesteronas induzidas de forma química.
Bom, hoje é o meu primeiro dia difícil do mês e enxaqueca, até ver, nada. E há vários meses que a dor de cabeça começava logo no primeiro dia da menstruação. Ainda não posso tirar conclusões, ainda é cedo para lançar foguetes, mas se for mesmo verdade que a pílula era a culpada... acabou-se! Não sei bem como vou dar a volta a isto, no que ao planeamento familiar diz respeito, mas isso são outros quinhentos. Para já estou aqui toda contente (mas ainda cautelosa) por não estar às escuras e em silêncio, com um lenço a apertar-me a testa com toda a força, e a engolir o Maxalt em desespero.

85 comentários

Comentar post

Pág. 1/9