Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Perder tudo

Tenho muito respeito pelo dinheiro que custa a ganhar. Muito respeito. Uma das reportagens que fiz e que mais me impressionou (e fiz muitas que me fizeram doer o peito) foi a daquele homem que perdeu todas as poupanças (e era uma fortuna) na Caixa Económica Faialense. A tristeza e o vazio daquele olhar, de quem emigrou e lutou toda uma vida para depois acabar sem nada, perseguiram-me durante muito tempo.
Por isso, ver as imagens dos lesados do BES em protesto, perturba-me a sério. Imaginar uma vida de trabalho acabar em águas de bacalhau, com a permissão de todos, governantes incluídos, é algo que me ultrapassa.

9 comentários

Comentar post