Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Passámos o fim-de-semana de cócoras

Mas valeu a pena.
O nosso terraço está que é uma beleza!
A coisa meteu lavagens profundas, pintura, colocação de chão de madeira e de pedras. Também se serrou madeira. O Ricardo serrou um dedo. No sábado, quando já quase todo o chão estava colocado, olhámos um para o outro e dissemos: está esquisito... Depois, eu fui a primeira a conseguir verbalizar: não gosto. Ele seguiu-me: eh pá, eu também acho que não gosto. Medo. Muito medo.
Mas ainda não estava pronto. Demos o benefício da dúvida.
No dia seguinte, mais chão, mais pedras. Seguimos o conselho de algumas pessoas, que aqui deixaram comentário, e ligámos para a Loja da Bia (obrigada, pessoaaaaas!!!!). O senhor que nos atendeu o telefone, simpatiquíssimo, prontificou-se a abrir a loja no domingo, porque nós íamos ter uma festa em Palmela e ficava-nos em caminho. Assim foi. Comprámos dois puffs e um almofadão gigante. Mal couberam no carro - o almofadão a ocupar toda a bagageira, um puff gigante em cima dos rapazes (totalmente submersos), um puff gigante em cima de mim (não vi um palmo de estrada até casa - mas era o Ricardo que ia a conduzir).
Ao fim do dia... paixão absoluta. Ainda faltam coisas importantes, como a mesa e as cadeiras, um ou outro apontamento de decoração. Mas gostamos muito. Agora só falta a colaboração do tempo. Estamos a 11 de Junho... já vinha de lá o calor. Para ficar.

20 comentários

Comentar post

Pág. 1/2