Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Onde pôr a cruz no IRS?

Muitas pessoas ainda desconhecem que podem, com apenas uma cruzinha, doar 0,5% do seu IRS a uma instituição de solidariedade, sem que sejam minimamente "penalizadas" por isso (não dói, não descontam mais, é rápido). Não há qualquer perda de benefícios fiscais nem custos associados.

Para ajudar na hora da decisão, juntei aqui algumas instituições que me parecem fazer um trabalho de valor. Faltam muitas outras mas foi o apanhado geral que se pôde arranjar. Acreditem que vão ficar com vontade de fazer uma cruz em todas mas só podem escolher uma. Escolham a que fizer o trabalho com que se identifiquem mais ou então façam anani-ananão, mas não deixem de colocar uma cruz!

 

Make-a-Wish

A Make-A-Wish tem por missão a realização de desejos a crianças e jovens, entre os 3 e os 18 anos, em todo o território nacional, com doenças graves, progressivas, degenerativas ou malignas, proporcionando-lhes um momento de força, alegria e esperança. Não há nada mais bonito e contagiante que um sorriso. E está provado que a felicidade tem enormes benefícios na cura ou na melhoria de muitos dos sintomas. Sou muito fã da Make-a-Wish por todas as razões.

 

Captura de ecrã 2018-04-06, às 00.49.56.png

 

 

Leigos para o Desenvolvimento

Os Leigos para o Desenvolvimento são uma ONGD, que trabalha há mais de 30 anos em prol do desenvolvimento integral e integrado em países de expressão portuguesa. Atualmente contamos com projetos em Angola, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, atuando preferencialmente na área da Formação e Educação, da Dinamização e Organização Comunitária, Empreendedorismo e Empregabilidade, Capacitação de Agentes Locais, Promoção do Voluntariado e Pastoral. O trabalho no terreno é feito através de jovens voluntários que permanecem pelo período mínimo de um ano. Beneficiam dos nossos projetos cerca de 20.000 pessoas/ano e já partiram em missão mais de 400 voluntários.

 image001.jpg

 

Casa de Protecção e Amparo de Santo António 

A Casa de Proteção e Amparo de Santo António foi fundada em 1931, há 87 anos, com a missão de apoiar a causa da maternidade desprotegida. O seu fundador – Prof. Dr. D. Pedro da Cunha, obstetra e ginecologista, na altura Director da Maternidade Alfredo da Costa – apercebendo-se do flagelo das mulheres que, após darem à luz, não tinham para onde ir, criou a instituição para o “apoio à mãe solteira”, recorrendo a uma equipa de senhoras voluntárias. Em 1945 foi criada a Creche e Jardim de Infância e em 1956 a Pastelaria cujo grande intuito era fazer biscoitos para as senhoras que assistiam voluntariamente a Casa.

Hoje, a Instituição está dividida em 3 valências: Casa das Mães (Lar de crianças e jovens), residência que acolhe 17 mães e seus filhos; Casa das Crianças (Creche) que acolhe 50 crianças entre as internas e externas e Casa dos Sabores (actividade comercial na área da restauração) que se pretende motor de sustentabilidade para as restantes valências de resposta social.

banner -01.jpg

 

Amnistia Internacional

A Amnistia Internacional investiga e denuncia violações de direitos humanos, exige que os governos respeitem as leis, educa os jovens portugurses para os direitos humanos, defende e mobilida activistas e defensores dos direitos humanos. No fundo, luta para que todas as pessoas no mundo possam ser tratadas em pleno como pessoas. A sua missão é investigar e agir de modo a prevenir e a pôr fim a abusos de direitos humanos e exigir justiça para aqueles cujos direitos tenham sido violados.Captura de ecrã 2018-04-06, às 00.57.42.png

 

Aldeias SOS

São aldeias com Mães SOS que cuidam de crianças sem família para que possam crescer com amor. As Aldeias SOS apoiam as crianças até conseguirem a autonomia, assumindo o compromisso de lhes dar a formação e educação que necessitam para se tornarem adultos totalmente independentes. Atualmente existem três Aldeias SOS em Portugal, situadas em Bicesse (Cascais), Gulpilhares (V.N.Gaia) e na Guarda onde estão acolhidas 120 crianças e jovens. O Programa de Fortalecimento Familiar situado em Rio Maior, Guarda e Oeiras, acompanha mais de 100 famílias vulneráveis.

aldeias sos.jpg

 

 

Associação Salvador

É uma associação que visa promover a integração das pessoas com deficiência motora na sociedade e melhorar a sua qualidade de vida. Existe apoio ao emprego, projectos de desporto adaptado, eventos de convívios, acções de sensibilização. A cara desta associação é o conhecido Salvador Mendes de Almeida, que sofreu um acidente de mota aos 16 anos que o deixou tetraplégico. 

irs_associacao_salvador.jpg

 

Fundação AJU

Uma Fundação que desenvolve acções e projectos através de um trabalho de proximidade, que contribuem activamente para a promoção integral da pessoa humana e da família, atendendo em especial aos mais desfavorecidos e marginalizados da comunidade. A fundação tem o projecto "Infância e Juventude", a "Vida Adulta e Parentalidade" , "Envelhecimento Activo/Sénior" e "Integração Social e Comunitária". No fundo, abarca todas as etapas da vida, não se cingindo às crianças ou aos idosos. 

AJU.jpg

 

Operação Nariz Vermelho

É uma Instituição Particular de Solidariedade Social oficialmente constituída no dia 4 de Junho de 2002. O seu principal propósito é assegurar de forma contínua um programa de intervenção dentro dos serviços pediátricos dos hospitais portugueses, através da visita de palhaços profissionais. Estes artistas têm formação especializada no meio hospitalar e trabalham em estreita colaboração com os profissionais de saúde, realizando atuações adaptadas a cada criança e a cada situação. É responsabilidade da associação formar e garantir a alta qualidade dos artistas cujo trabalho é remunerado. A Operação Nariz Vermelho oferece aos hospitais as visitas, angariando os fundos necessários através de donativos, particulares e empresariais, campanhas e merchandising. Neste momento, a ONV garante visitas hospitalares semanais, durante 42 semanas por ano, aos 15 hospitais abrangidos pelo programa. A equipa de artistas é constituída por 26 Doutores Palhaços e nos bastidores trabalham 14 profissionais. Visitam mais de 45 000 crianças por ano.

 ONV-IRS_2018_PopUp.jpg

 

Fundação do Gil

A Fundação do Gil existe desde 1999 e é pioneira no desenvolvimento de projectos de saúde pediátrica e reintegração social. A sua missão é promover o bem-estar clínico, social e emocional das crianças em risco social e/ou clínico, perspectivando a sua reintegração social na família com autonomia.

nif-fundacao-do-gil-ajudar-com-o-irs-2.jpg

Associação de Apoio à Vítima (APAV)

A APAV acredita e trabalha para que em Portugal o estatuto da vítima de crime seja plenamente reconhecido, valorizado e efectivo. O seu trabalho consiste em apoiar as vítimas de crime, suas famílias e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais e contribuir para o aperfeiçoamento das políticas públicas, sociais e privadas centradas no estatuto da vítima.

APAV_IRS_2018_v01.png

 

 

UNICEF

A UNICEF é uma agência das Nações Unidas que tem como objectivo promover a defesa dos direitos das crianças, ajudar a dar resposta às suas necessidades básicas e contribuir para o seu pleno desenvolvimento. A UNICEF rege-se pela Convenção sobre os Direitos da Criança e trabalha para que esses direitos se convertam em princípios éticos permanentes. Trabalha com os governos nacionais e organizações locais em programas de desenvolvimento a longo prazo nos sectores da saúde, educação, nutrição, água e saneamento e também em situações de emergência para defender as crianças vítimas de guerras e outras catástrofes. Trabalha em mais de 190 países.

iva-unicef-facebook-1200x628.jpg

 

Fundação Ageas

A Fundação Ageas apoia crianças desfavorecidas, adultos em situação de vulnerabilidade social/ em risco de exclusão, pessoas sem-abrigo, pessoas com deficiência, idosos, sempre com o intuito de promover a inclusão social e a resiliência. A Fundação Ageas apoia projetos com impacto social relevante na comunidade, em áreas de intervenção como a Educação e a Saúde, todos com o propósito de incluir, melhorar o bem-estar do público-alvo apoiado, ou ainda prevenir.  

 

96f2ce5c-bc53-4a6f-881d-f5b01090b7f8.JPG

 

Liga Portuguesa Contra o Cancro

A Liga Portuguesa Contra o Cancro assume-se como uma entidade de referência nacional no apoio ao doente oncológico e família, na promoção da saúde, na prevenção do cancro e no estímulo à formação e investigação em oncologia. Os seus principais objectivos são: divulgar informação sobre o cancro e promover a educação para a Saúde, com ênfase para a sua prevenção; Contribuir para o apoio social e a humanização da assistência ao doente oncológico, em todas as fases da doença; Cooperar com as instituições envolvidas na área da oncologia, nomeadamente os Centros do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil e os Hospitais das Regiões Autónomas; Estimular e apoiar a formação e a investigação em oncologia; Estabelecer e manter relações com instituições congéneres nacionais e estrangeiras; Desenvolver estruturas para as prevenções primária e secundária, tratamento e reabilitação, isoladamente ou em colaboração com outras entidades; Defender os direitos dos doentes e dos sobreviventes de cancro.

Liga.jpg

 

Banco Alimentar Contra a Fome

Os Bancos Alimentares são Instituições Particulares de Solidariedade Social que lutam contra o desperdício de produtos alimentares, encaminhando-os para distribuição gratuita às pessoas carenciadas. A acção dos Bancos Alimentares assenta na gratuitidade, na dádiva, na partilha, no voluntariado e no mecenato. Os Bancos Alimentares em actividade recolhem e distribuem várias dezenas de milhares de toneladas de produtos e apoiam ao longo de todo o ano, a ação de instituições em Portugal. Por sua vez, estas distribuem refeições confecionadas e cabazes de alimentos a pessoas comprovadamente carenciadas, abrangendo já a distribuição total mais de 390.000 pessoas.

banco.jpg

 

 

 

7 comentários

Comentar post