Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

O meu namorado e eu (sem liposhaper mas felizes)


Como não nos liposhaperizamos e gostamos de comer e adoramos jantar a dois, ontem eu e o meu homem fomos ao Olivier, numa espécie de antecipação do Dia dos Namorados. Antes de sairmos de casa, explicámos ao Manel que a tia Nana vinha tomar conta deles, porque o pai e a mãe iam namorar. Resposta dele: Mas vocês estão sempre a namorar!!! Um queriducho. Bom, mas lá fomos. O jantar foi, como sempre, extraordinário. Optámos pelo menú de degustação e sentimos fogo de artifício dentro do cérebro a cada garfada. E conversámos e demos beijinhos.
A certa altura, a empregada veio entregar-me um ramo de flores liiiiiiindo, porque o meu príncipe consegue sempre surpreender-me. O cartão era maravilhoso:
"Podia não ter flores... Mas não era a mesma coisa."
Meu querido: se eu não fosse uma mulher casada, casava contigo já hoje. És o homem da minha vida. Casamos outra vez?

29 comentários

Comentar post

Pág. 1/3