Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

O dia da avó

A minha mãe ficou duas semanas com os netos. O Manel foi o único que não esteve sempre (esteve aí uns 5 dias intercalados, ao todo) mas os outros ficaram ali de pedra e cal, desfrutando da piscina, das boas comidas da avó, e até de não terem coisa alguma para fazer, nem computadores, nem tablets, que é algo que vai sendo cada vez mais raro. 

Todos os anos levamo-la a almoçar a qualquer lado quando os vamos buscar para os levar para os meus sogros. É só uma forma de agradecer a disponibilidade, o tempo, o trabalho. Este ano optámos por ir espreitar o hotel que nasceu ali perto da casa de fim-de-semana dela, o Evidência Belverde Hotel. A piscina é linda, o hotel tem imensa pinta, e comemos muito bem no restaurante.

evidência 2.jpg

evidência 1.jpg

evidência 3.jpg

evidência 4.jpg

evidência 7.jpg

evidência 6.jpg

evidência 5.jpg

 E que iguarias experimentámos nós? Coisas óptimas. Começámos por um Gaspacho à Andaluza, continuámos por um tamboril com linguini nero e molho leve de marisco (o Ricardo foi a excepção e comeu Ossobuco a baixa temperatura com ervas aromátias e polenta aromatizada), terminámos com fruta laminada (eu e o Ricardo), Tiramisu com gelado artesanal de gengibre (a mãe). Os miúdos comeram Trilogia de Hambúrguer Duo com batata frita e gelados artesanais (o gelado de chocolate parecia mousse).

evidência rest.png

sobremesa evid.png

No dia seguinte fomos todos almoçar à quinta dos sogros, onde a mãe passou o testemunho aos outros avós. 

Obrigada! Obrigada! Obrigada!