Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Não sei (se é bicho)

Lembram-se deste post?
Pois bem. Continuo sem saber se é disto, daquilo ou do outro, ou se , afinal de contas, é só o raio de uma virose. A Madalena está cheia de tosse e febre (o costume, mal o verão se vai) e eu, sempre que os putos ganham bicho, tenho esta coisa de não chegar a adoecer mas ficar esquisita. Vai na volta e a minha melancolia não passou de bicheza a tomar lugar cá no corpinho e valentes leucócitos a combatê-la. Hoje já não estou com a neura mas tenho dores nas pernas (e não corri a maratona, nem sequer a meia), nas costas, e só me apetece estar deitada. Vai-te, bicho! Sai deste corpo que não te pertenceeee!

1 comentário

Comentar post