Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Mati, o derrete corações

4501200384_IMG_3923.JPG

 

Anteontem, na cama, começou a chamar-me:

- Mãeeeeee... ó mãeeeeeee....

- Dorme, Mati! A mãe já leu a história, já deu beijinho, é tarde, dorme!

- Anda um bocadinho para a minha cama...

- Não. A mãe está a ver uma série com o pai. Dorme.

- Mãe... anda lá... só um bocadinho... ficas tão bem aqui.

 

(quem resiste a isto?)

 

Fui. Deitei-me com ele. Pôs-me as duas mãos na cara e disse:

- Minha amora... Amora da minha vida. Gosto tanto de ti. Minha amorosa. És tão linda.

 

Unicórnios, pessoas. Foi então que comecei a ver unicórnios.

16 comentários

Comentar post

Pág. 1/2