Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Intolerantes deste mundo, não desesperem

Cá em casa bebemos 14litros de leite por semana. Sim, por semana. E nem sequer bebemos muito, cadaum de nós. Um copo ao pequeno-almoço, mais um ao lanche (as crianças, não nós),às vezes uma tigela com cereais. Não quero saber de modas que dizem que o leitenão nos faz falta. Falta-me a paciência, sou franca. E sim, continuamos a beberleite e assim nos manteremos independentemente do que alguns andam para aí adizer.

A Madalena é a única quebebe leite sem lactose porque é intolerante. O Martim também já foi, maspassou-lhe. Sim, porque a intolerância à lactose pode ser uma condiçãopassageira ou definitiva e, no caso dele, foi passageira (os intestinos dopobrezinho ficavam inflamados sempre que bebia leite com lactose). Por isso, háanos que cá em casa se consome leite sem lactose da marca Mimosa – nem sequersei se há de outras marcas (deve haver mas não sei). Quando isto nos aconteceu,pensei: coitadinhos, os meus ricos filhos nunca vão conhecer o sabor do leite,e o cálcio, e os benefícios do leite (que agora dizem não existir, masadiante). Sentia que lhes ia fazer muita falta. Afinal, estava enganada. Quer oMartim quer a Madalena beberam o leite sem lactose Mimosa e nem deram peladiferença.
Por isso, se por acaso tiverem aí por casa um diagnóstico de intolerância à lactose, temporária ou não, não desesperem. Há soluções no mercado para tudo, é o que vale! E não têm de abdicar do sabor do leite! Consultem o vosso médico para verem qual a solução mais adequada.

21 comentários

Comentar post

Pág. 1/3