Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Ídolos

A sério: há pessoas que ali vão, depois de tantas edições do Ídolos, a borregarem em vez de cantarem, e eu não consigo perceber se estão a gozar, se não se conseguem ouvir, se acreditam mesmo que cantam... Mas, como sempre, suspeito que a culpa é das mães deles. Que os amam de paixão e que esse amor as cega e ensurdece e estupidifica e que continuam a dizer-lhes, apesar de as crias adoradas já terem partido todos os vidros lá de casa: Ó meu querido, tu cantas que é uma beleza amor, pareces um rouxinol!
Jasus.

12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2