Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Um dia feliz para muitas famílias

BIRTH.jpg

Lutei muito para que o meu marido - e todos os pais que assim o entendessem - pudessem assistir às cesarianas das suas companheiras, na Cuf Descobertas. Consegui, graças a um barulho grande começado aqui no blogue, e essa vitória é das alegrias maiores que este blogue já me deu. Por causa do bruá que comecei aqui (e que começou porque me disseram que o pai não podia assistir e, na semana seguinte, veio numa revista uma personalidade VIP muito feliz por ter assistido à cesariana da sua mulher e ao nascimento do filho, no mesmíssimo hospital) a CUF escreveu um comunicado onde dizia que, a partir daquela data, todos os pais poderiam assistir às cesarianas (excepto nos casos complicados).

Depois, fui contactada por uma mãe (Mónica Barbosa) que decidiu ir mais longe do que eu e avançar com uma petição para conseguir o mesmo em todos os hospitais públicos. Publiquei aqui a petição, assinei-a, e fui acompanhando a luta, de perto, com uma vontade enorme de que ela conseguisse chegar a bom porto.

O Despacho foi publicado hoje em Diário da República.

Estou comovida, palavra de honra.

Os pais de bebés nascidos de cesariana vão deixar de ficar à porta do bloco, como se fossem pais de segunda. E as mães  de bebés que nascem de cesariana vão deixar de estar sozinhas, naquele que é um dos momentos mais felizes das suas vidas.

Parabéns, Mónica. Belíssima luta, a tua. Enorme conquista a que conseguiste para tantas famílias.

Parabéns a todas as mães e pais.

Hoje é um dia importante.

 

Mais AQUI.

 

57 comentários

Comentar post

Pág. 1/4