Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Hipocondríaca report - parte duzentos e cinquenta e três

Ora então. Ontem fui ao otorrino. Estava aflitíssima, com uma sensação terrível, como se tivesse uma carcaça inteira atravessada no esófago. Em pânico. Com vontade de me abraçar ao otorrino e de lhe pedir que me salvasse. Quando estava a entrar na garagem do hospital, um amigo de infância ligou-me, a propósito do lançamento. Conversa puxa conversa e ele lá me conta que a mulher teve um carcinoma na tiróide. Nem queria acreditar. Ali estava eu, de coração na mão a estacionar o carro para ir ver do meu problema na goela, a ouvir uma história do bicho mau justamente na goela (que correu bem, e está tudo bem, e isso é que interessa).
Enfim. Não preciso dizer como é que cheguei ao consultório. Praticamente a precisar de um par de estalos para me acalmar.
O médico quis saber como estava o meu estômago. Lá lhe expliquei que tenho uma hérnia do hiato, uma gastrite e que não sei se a helicobacter (uma bactéria que me foi diagnosticada na última endoscopia) faleceu com os tratamentos ou não. Ele sorriu.
- Pela descrição que me faz e pelo seu histórico, inclino-me fortemente para que isso seja refluxo. Mas vou já fazer-lhe uma endoscopia da garganta e já falamos.

Sentei-me na cadeira de observação, ele pegou lá no tubo com uma câmara na ponta, estendi a língua e ele esteve a ver-me a garganta até mesmo lá ao fundo.

- Pois. Tem a garganta muito encarnada, como se estivesse queimada. Nem imagino como estará o esófago. Vai ter de ir ao seu gastroenterologista com urgência porque isso o mais certo é ser refluxo. O estômago tem uma mucosa que o defende dos seus ácidos. Mas o esófago e a garganta não têm. Quando se tem hérnia do hiato, é normal haver uma tendência para o refluxo. O que pode estar a acontecer é que tenha para aí uma esofagite (uma inflamação do esófago) provocada pelos ácidos do estômago que sobem. Vá ver disso, mesmo.

E vou. A consulta está marcada mas infelizmente o meu médico só pode dia 18 de Julho. Ontem à noite tive uma crise horrível. Com vómitos, dores, vontade de arrotar, um mal-estar que nem consigo descrever. Achei que me ficava. O meu homem deu-me um ansiolítico e apaguei, felizmente. Mas hoje lá estou eu com esta sensação de embuchamento, que até parece que me tira o ar. A sério: é horrível! Acho que vou tentar antecipar a consulta porque assim como estou não me parece que aguente até 18 de Julho.
E é isto. No fundo, sou uma pessoa em ebulição, é o que isto quer dizer. Sou um pequeno vulcão em actividade. Lembram-se do Eyjafjallajokull? Que lixou o espaço aéreo europeu durante não sei quanto tempo? Pois. Sou uma coisa parecida.

29 comentários

Comentar post

Pág. 1/3