Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Há uma chave para uma certa prisão

 

prisão.jpg

Não sei se é da alimentação que temos, se é do stress, se é tudo junto, mas a verdade é que oiço cada vez mais gente (sobretudo mulheres) queixaram-se de prisão de ventre. Prisão de ventre parece, à primeira vista, algo de pouca importância. Mas só para quem nunca passou por isso. Ter a barriga inchada, não conseguir ir à casa de banho, sentir dor e desconforto, é coisinha para tirar a alegria até à mais animada das criaturas. 

Hoje falo para quem passa por este tormento para dizer que Dulcosoft pode bem ser a vossa luz ao fundo do túnel (esta comparação agora soou estranha mas, em bom rigor, acertada 😂). Como favorece o amolecimento das fezes facilita a sua evacuação, proporcionando um alívio suave da prisão de ventre. Ainda por cima, como praticamente não é absorvido, pode ser tomado por crianças a partir dos 2 anos (Dulcosoft Solução Oral 250 ml), grávidas e mulheres a amamentar. Também pode ser tomado por idosos, pessoas com ingestão controlada de sódio ou intolerantes ao glúten, e por diabéticos.

Então e é uma purga, tipo óleo de fígado de bacalhau??? Não! Tem um sabor neutro e pode ser misturado em qualquer bebida quente ou fria, como água, sumo de fruta ou chá. Deve ser tomado preferencialmente numa única dose, pela manhã.

Agora nas férias, por exemplo, em que tanta gente sente logo uma alteração no funcionamento dos seus intestinos, não só pelas alterações dos hábitos alimentares como pela alteração das próprias rotinas, não é mal pensado levar Dulcosoft na bagagem!

 

Saiba mais AQUI.

DULCOSOFT®Pó para Solução Oral e DULCOSOFT®Solução Oral são dispositivos médicos para amolecer as fezes duras e secas e facilitar a evacuação.A administração a grávidas e crianças com menos de 8 anos deve ser preferencialmente supervisionada por um profissional de saúde. DULCOSOFT®não deve ser tomado durante mais de 28 dias. Não tome DULCOSOFT®no caso de alergia ao macrogol 4000 ou a qualquer outro ingrediente, se tiver alguma doença intestinal inflamatória grave ou megacólon tóxico, perfuração digestiva ou risco de perfuração digestiva, íleus, suspeita de obstrução intestinal, estenose sintomática ou síndromes abdominais dolorosas de causa indeterminada. Leia com atenção a rotulagem e instruções de utilização. (5.0) SAPT.DULC8.18.07.0422b

*Post em parceria com Dulcosoft

 

 

1 comentário

Comentar post