Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Fome, fominha, fomeca

Comecei a beber o meu sumo-lanche às 17.00, fui bebendo, devagarinho, e às 17.30 terminei.
São quase 19h e estou com uma fome que era capaz de comer um boi. E sinto que há um mau feitio que se apodera de mim. Já comecei a coçar o nariz, primeiro sinal sempre que estou lixada (foi o Ricardo que descobriu, há uns anos, este meu tique revelador de fúria). Teme-se o pior, com o avançar das horas e, sobretudo, quando vir toda a gente a comer cá em casa, coisas bem cheirosas, e eu a engolir a minha sopinha. Estou muito acostumada a comer uma sopa ao jantar, mas geralmente como também uma fruta ou uma ou duas tostas com queijo fresco. Hoje é só mesmo sopa. E o lanche foi só mesmo sumo. Um sumo muito nutritivo, é certo, mas ainda assim... um sumo. TENHO FOMEEEEEEE!

14 comentários

Comentar post

Pág. 1/2