Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Foi bonita a festa, pá!


(O Martim saiu de casa com este papel na mão, escrito por ele sem que tivéssemos dado por isso)

Orgulhosa de ser portuguesa, orgulhosa por esta notável mobilização. Estou em crer que acordámos, por fim. Esta crise teve, pelo menos, este mérito: juntou-nos, apartidariamente, em redor do mesmo objectivo: dizer basta a medidas absurdas de austeridade, que não beneficiam ninguém.
A certa altura, quando subi um pequeno monte e vi o mar de gente, cheguei a emocionar-me. Cantar o hino, ali no meio de milhares de pessoas, arrepiou-me. Foi bonita a festa! Venham as que forem precisas para lutarmos pela nossa dignidade. Pela nossa vida.

17 comentários

Comentar post

Pág. 1/2