Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Falar com as estrelas

- Ó mãe... não era bom que quando olhássemos para o céu soubéssemos qual é a estrela onde está a tua avó?
- Então não era? Era maravilhoso, Martim.
- E era ainda melhor se pudéssemos usar o telescópio para a ver melhor. E no dia de anos dela pudéssemos cantar-lhe os parabéns. Metíamos a boca no telescópio e ela ouvia, lá no céu.

(Este é o meu filho que parece distante, que parece frio, que parece não sentir as coisas. E depois, vai-se a ver, e é dos que mais sente. Diz que os aquários são assim. Será?)

24 comentários

Comentar post

Pág. 1/3