Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Então e como é que vai esse largar de fraldas?

Vai indo, pessoas. Vai indo.

Antes de irmos para o Algarve, na casa da minha mãe, a coisa estava muito bem encaminhada (ou não fosse a minha querida mãezinha o general que já se sabe 😘). Depois, a pequena criatura seguiu para casa dos meus sogros e a coisa foi correndo bem, embora às vezes lá tenha ocorrido um ou outro acidente (que aquilo era criançada que nunca mais acabava, com os nossos quatro e os primos e não dava para andar sempre em cima). A seguir... Algarve. E o que é que sucede no Algarve? Sucede que passamos o dia na praia. Ora, de calções junto ao mar, ficava difícil dizer o que era mar e o que era outro tipo de desaguar. De vez em quando ele pedia, ou nós perguntávamos, e lá se resolvia, mas outras vezes quando olhávamos para ele claramente já o assunto estava alegremente resolvido pernas abaixo. 

Neste momento, o ponto de situação é o seguinte: temos de lhe lembrar, sensivelmente de meia em meia hora, para ir à casa de banho. Sem hipótese. Por vezes diz que não precisa e faz no momento seguinte, arruinando vários pares de calções. Há alturas em que damos por ele com aquele ar concentrado, olhinhos brilhantes e fixos algures no horizonte, e vamos com a voar até à sanita (umas vezes tarde demais, outras mesmo a tempo). Também já aconteceu tê-lo sem cuecas pela casa e, de súbito, um cocó no chão. De resto, já me ocorreu mudar o nome do blogue para Cocó no Chão mas, a mudar, talvez seja mais esperto mudar para algo menos escatológico. 

De qualquer modo, dizer que isto é tudo muito bonito no verão, em que os calções secam num instante (no outro dia foram 4 pares), mas o outono não tarda está aí e é coisinha para me dar um ataque de nervos. Por isso... vamos torcer para que a coisa consolide nas próximas semanas a bem da saúde mental de todos.

potty.jpg

 

 

 

16 comentários

Comentar post

Pág. 1/2