Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

É sempre bom voltar a Aveiro

Desde que conhecemos a festa de São Gonçalinho que procuramos não perder uma. Primeiro, porque é uma excelente "desculpa" para irmos visitar a minha irmã a Aveiro (não é que precisemos de desculpas mas também temos a nossa vidinha e as nossas coisas e afazeres e às vezes não é fácil estar a deslocar toda a gente desta casa até Aveiro, com as respectivas agendas). Depois, porque a festa é mesmo gira e gostamos sempre do ambiente que ali se vive e de ir atirar cavacas do alto da igreja ou de ficar simplesmente a vê-las cair e tentar não apanhar com um no alto da pinha. 

No ano passado lembro-me que não conseguimos casa e, apesar de conseguirmos ficar no apartamento da minha irmã, achei que era confusão a mais e acabámos por não ir. Este ano, fomos mais espertos e marcámos tudo com antecedência. Se é verdade que eles agora têm uma moradia gigante acabada de estrear e que dava para todos, também não é menos verdade que ainda estão em fase de mudanças e não queríamos nada ir para lá perturbar (ainda mais) o momento de transfega de uma casa para a outra. Assim, descobrimos uma casa linda e grande, desafiámos uns amigos a irem connosco e pronto: estava feito o fim-de-semana de São Gonçalinho e de espécie-de-inauguração da casa nova da minha irmã.

Eu e ela ainda conseguimos ter um momento "Back to Christmas", quando foi preciso ir buscar cerveja e parámos no quiosque natalício Quebra-Mar para fazer de conta que ainda era Natal e ainda estávamos na nossa tradicional viagem.

IMG_8230.JPGIMG_8232.jpg

A casa onde ficámos está mesmo em frente à ria, mesmo ao lado da Ponte do Laço, e por isso não podia estar melhor localizada. Com a vantagem de  ser grande, com dois andares, e de ter camas para nós e para os nossos amigos: um quarto com um duplex, dois quartos com 2 camas cada um, outro quarto com cama de casal e, na sala, ainda ter um sofá que dava para um ou então para duas crianças que durmam como anjos (porque não é assim tão larga e se forem diabinhos a dormir pode vir parar um ao chão). Além disso, era mesmo gira, muito bem decorada e até parecia uma das "Casas onde a Cocó não se importava de morar" (podem vê-la AQUI)

IMG_8310.jpg

IMG_8302.jpgIMG_8304.jpgIMG_8306.jpgIMG_8305.jpg1fd89f3b-6bc0-4df0-bf62-983acdf2c77b.JPGIMG_8259.jpg

O São Gonçalinho está cada vez mais concorrido e havia filas de mais de três horas para subir à igreja para atirar as cavacas. Ora, por muito que tenha desejos para pedir (e alguns bem importantes) não estive para ficar todo esse tempo ali parada ao frio, com a malta toda, de maneira que vou acreditar que o santo já não conhece e não carece de arremessos de bolos regionais para nos conceder a graça. 

IMG_8320.JPGIMG_8324.JPGIMG_8266.jpgIMG_8290.JPGIMG_8293.jpg

Uma imagem rara: A Miss Simpatia Alice a conceder um abraço

273b7bd8-a05d-457a-8903-f176c50eb631.JPG

 

 

2 comentários

Comentar post