Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

E se vos dissesse que isso de esperar pela digestão para tomar banho é mito?

praia -lusiadas.jpg

Quantos de nós tivemos de ficar à seca durante umas três horas depois de comer, antes de os nossos pais nos deixarem dar um mergulho na praia? Quantos de nós fizemos a mesma pergunta insistente e desesperada "e agora, já posso?", "já posso?", "já posso?", "já posso?". A resposta parecia ser sempre a mesma: ainda não... E quantos de nós perpetuam esta tortura nos seus próprios filhos, quase como num ritual sádico: "ainda faltam duas horas e meia..."

Pois bem, o especialista em medicina geral e familiar do Hospital Lusíadas Albufeira, Pedro Oliveira e Silva, diz que tudo isto é mito. "A indigestão pode ser causada por ter comido demais ou devido ao stress, por exemplo, mas não existe nenhuma relação científica entre a indigestão e um banho."

Então mas e aquela coisa do choque térmico? De a digestão poder parar por causa da água fria? Bom, isso já pode ter alguma relação, explica o clínico. "Uma das funções básicas do organismo humano é a termorregulação, pelo que, quando expostos a temperaturas extremas, a normalização da temperatura corporal óptima para toda a atividade funcional toma-se prioritária em relação às demais funções. Ou seja, quando tomamos banho numa água extremamente gelada isto pode provocar a distribuição sanguínea e perturbar o normal funcionamento da digestão."

Mas isso significa que, depois de comer, um banho de mar fará pior do que um banho em casa (em que a temperatura é quente)? Pedro Oliveira e Silva diz que não: "A amplitude térmica provocada pela diferença entre a temperatura do corpo ao entrar na água e a temperatura do mar poderá ser, em teoria, maior do que a da água de casa. Mas nas nossas águas, especialmente nas algarvias, a temperatura do mar dificilmente provocará um choque térmico capaz de levar a um dano na nossa regulação interna corporal e que altere a digestão."

Viram? Anos e anos de pura perda de tempo! 

Podem ler o artigo completo AQUI.

BOA PRAIAAAAA!

36 comentários

Comentar post

Pág. 1/3