Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

E pronto

Já aqui estou com ela, está tudo bem, correu tudo bem, está com boa cor, confirmo-o agora mesmo e, por isso, já posso falar no assunto.
A minha mãe está internada desde segunda-feira e foi operada à tiróide ontem, dia do aniversário do meu filho Manel. Foi um dia de grande nervoseira, eu a fingir que estava tranquila, não só por ela mas também por ele, porém carregadinha de medo que alguma coisa de ruim acontecesse, logo num dia que era suposto ser bonito e bom.
Foi um dia de tensão e de alegria, sentimentos que não se dão muito bem um com o outro. Confesso que não consegui desfrutar do aniversário do meu bicho como gostaria, por isso aguardo por sábado para podermos festejar com outra cabeça.
Mas pronto. Já está. O pós-operatório está a correr melhor do que esperávamos. Escrevo aqui do Curry Cabral, muito mais leve e aliviada, a olhar para a minha mãe rosadinha e bem disposta.
Não disse mais sobre isto, no início, porque... sei lá. Porque às vezes até quem não acredita em coisa alguma, até quem é informado e super-céptico fica com medo das más energias ou das bruxas ou do diabo a sete.

31 comentários

Comentar post

Pág. 1/4