Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

É oficial

O meu puto herdou os meus dentes. Tanta coisa bonita para herdar... :)
Foi à dentista há cerca de 1 mês. Curou uma cárie. Parecia tudo bem. Mas, entretanto, começou a doer-lhe outro dente. Como a minha mãe esteve internada, não deu para ir à dentista na semana passada. Marcámos para amanhã. E ontem à noite foi o drama. Nem o Brufen fez efeito. O rapaz guinchava de dor e, como eu sei muito bem o que é uma dor de dentes, encolhia-me como se fosse comigo. Não tinha o telemóvel da dentista, mas comecei as diligências para o arranjar. Entretanto, o Ricardo lembrou-se de um amigo de infância, que é dentista. Ligou, apesar de já não falarmos há séculos. Nestas alturas não há cerimónias, não é? Que ver um filho naquela aflição dá cabo dos nervos e da saudinha. Ele lá disse que provavelmente a coisa só lá ia com antibiótico. E assim foi. Clavamox, Dentispray e, daí a pouco, já o cabrito serenava.
Pelo meio consegui o telefone da dentista dos miúdos e que já mandou mensagem hoje a perguntar por ele. Não vamos hoje, para dar tempo ao antibiótico de fazer um pouco mais de efeito, mas amanhã lá estaremos para tratar mais um dente do Martim. Diabo de sorte a do rapaz. Dentinhos todos escovados, de manhã e à noite, mas quê? A bicharada parece reproduzir-se naquela boca.
Obrigada a todos pelas sugestões.
Obrigada Bruno pela ajuda.
Obrigada Clavamox e Dentispray.
Obrigada Dra Filipa.

8 comentários

Comentar post