Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

E lá vou eu, outra vez

Desta feita para Odemira. A chover desta maneira, cheira-me a reportagem falhada, e isso enerva-me profundamente. Mas tem de ser, que lá por ser Inverno continua a haver histórias no país e no mundo e alguém tem de levantar o rabo da cadeira.
Pequena Mada continua com uma tosse horrível e agora não come. Acho que é porque tem o bandulho cheio de ranhoca e já não cabe lá mais nada.
Ontem estive na rádio das 17h até às 21h, na companhia da competentíssima Joana Jorge (produtora do Portugal dos Pequeninos), e a entrevistar crianças. Muitas. Dois rapazes amorosos, que disseram coisas absolutamente geniais, entre elas: "Os bebés começam por ser uma espécie de minhocas que há na pila do pai. Depois, através de uma operação, metem-se as minhocas no pipi da mãe até chegarem à barriga."
E três meninas muito queridas, que fizeram desenhos para nós e tudo.
Por falar no Portugal dos Pequeninos... não querem pôr os vossos pequeninos a escrever textos sobre o pai? Os melhores textos que nos chegarem serão lidos pelos próprios autores e passarão na rádio na semana do Dia do Pai. Querem melhor presente para o melhor pai do mundo? (sonia.morais.santos@gmail.com)
Outra coisa: o Portugal dos Pequeninos está no Facebook e já tem alguns fãs. Mas era bonito se tivesse mais. Fica feito o convite (www.facebook.com/portugalpequeninos).
Beijos e abraços, que eu agora vou-me meter à estrada.

9 comentários

Comentar post