Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

E hoje... festa outra vez!

O meu querido sogro fez 75 anos na semana passada. Mas a Madalena tinha acabado de sair do hospital, o Martim estava bichado e cheio de febre, e assim não havia condições para festejar. E então decidimos fazer-lhe uma festa surpresa hoje à noite. Ligámos aos tios todos, aos primos e pedimos segredo: tinham de chegar às 19h, no máximo! Aos meus sogros pregámos uma peta: o Martim estava outra vez com muita tosse e não dava para irmos lá jantar a casa deles. Teriam de vir à nossa. Que chegassem às 19.30.
Escondemos o povo todo na cozinha e quando a campainha tocou e o meu sogro entrou, pusemos os parabéns a tocar e saímos todos da cozinha para a sala a cantar. Foi mesmo emocionante. O meu querido sogro ficou comovido, naquele seu jeito de quem não quer mostrar a comoção. E assim, depois de um casamento inesperado, eis que se montou mais uma festa surpresa cá em casa. Éramos 12 adultos e 4 crianças. E foi boooooooooooooom!



A meio da noite, larguei as tairocas. Os meus pés imploravam por descer os dois andares em que estavam empoleirados e eu fiz-lhes a vontade. E agora vou dormir, que os últimos dias têm sido mesmo... intensos, surpreendentes e cansativos. 

5 comentários

Comentar post