Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Doar 0,5% do IRS para fazer sorrir crianças doentes

Ser voluntária da Make-a-Wish é uma alegria. Dar felicidade a crianças cuja vida é, por conta de doenças cruéis, demasiado dura para o seu pequeno tamanho vale ouro. E merece ouro. Por isso, escolher esta instituição para doar 0,5% do seu IRS, sem perda de benefícios fiscais, é sem dúvida uma excelente opção. 

Ajudem a fazer sorrir mais crianças doentes. Ajudem a realizar sonhos em pequenas vidas que, muitas vezes, contam já com demasiados pesadelos.

make.png

 

Deixo aqui o exemplo da Hotcha, uma menina guineense que sofre de tuberculose óssea, que teve de largar o seu país para vir para Portugal ser tratada. A Hotcha passa muito tempo em tratamentos, já foi operada, usa um colar cervical para ajudar a sustentar a coluna, e tem muitas saudades da sua vida. Tinha dois desejos: ir ao Jardim Zoológico (porque adora animais) e ter um iPad para poder comunicar com quem deixou para trás e para poder estudar. A Make-a-Wish realizou os dois sonhos (obrigada ao Jardim Zoológico).

A embaixadora da Make a Wish Fernanda Serrano acompanhou a visita e foi, como sempre, um amor. E o monitor André Cruz, do Zoo, merece um louvor público pela forma absolutamente querida como explicou tudo sobre os bichos à Hotcha. Ela gostou tanto dele que lhe deu a mão e nunca mais a largou. São pessoas assim que fazem a diferença. 

MakeaWish8651.jpg

MakeaWish8663.jpg

MakeaWish8730.jpg

MakeaWish8731.jpg

MakeaWish8746.jpg

MakeaWish8776.jpg 

MakeaWish8794.jpg

MakeaWish8871.jpg

MakeaWish8911.jpg

 As fotos são da Raquel Brinca, que voluntariamente se ofereceu como fotógrafa deste desejo. 

 

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post