Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Disneyland Paris - Dia 1

Os manos mais velhos já cá tinham estado, há 4 anos. 

Para nós, pais, esta é a terceira incursão pela Disney.

Ainda assim, acho que nunca mais vou esquecer, por muito que viva, a expressão encantada do Martim desta vez. Mal entrou, começou a olhar para tudo e não parava de exclamar:

"Isto é o sonho de qualquer pessoa!", "Isto é o paraíso!", "Estou tão contente!", "É tudo lindo, parece um filme!", "Isto é um sonho!"

A cada exclamação, o meu coração de mãe enchia de felicidade. E ainda estávamos apenas a entrar!

Bom, ao todo ficámos 11 horas dentro do espaço da Disney. ONZE horas. Mas foi incrível ver a alegria deles. Eu e o Ricardo andámos com eles nas diversões à vez, por causa do Mateus, mas sem stress. Aliás, este querido bebé tem-se revelado o maior companheiro de viagem de todos os tempos. Nada, mas absolutamente nada o perturba, o aborrece, o transtorna. Passa os dias na maior, ou deitado no carrinho, ou de colo em colo. Come em qualquer lugar (leite da mãe ou iogurte ou papa ou boiões para substituir a sopa - que acabei agora de fazer por isso amanhã volta tudo ao normal), muda a fralda em qualquer lugar (hoje mudou no carro que nos levou pelos efeitos especiais dos Estúdios da Disney, por exemplo), está sempre bem disposto e quase nunca chora. É O Maior! 

 

 

Disney1.jpg

 

Mada e o castelo.jpg

Andámos na Big Thunder Mountain (várias vezes), fomos aos Piratas das Caraíbas, ao castelo da Bela Adormecida, às Viagens do Pinóquio, ao voo do Peter Pan, às chávenas loucas, ao Buzz Lightyear, Star Tours, Small World, ao país dos contos de fadas.

Quando ainda namorávamos, eu e o Ricardo fomos à Space Mountain mas jurei para nunca mais e os meus filhos também não são do género "bora lá andar com a cabeça às voltas numa boa".

O primeiro "carrossel" do Mateus foi o Small World e, depois, ainda andou no Petit Train du Cirque e no barco que anda pelos contos de fadas. Ou seja, a brincar a brincar este besnico de 7 meses já ramboiou que nem um maluco.

small world 0.jpg

small world1.jpg

 

small world inicio.jpg

Carrinho todos.jpg

 Carrinho Mateus.jpg

 Adoro esta cara, como que a dizer "e é isto, a minha vidinha, andar aqui para trás e para diante com estes malucos".

 

Às 17.30, como não podia deixar de ser, fomos assistir à parada. 

parada 2.jpg

 parada 1.jpg

 parada.jpg

chapeleiro louco.jpg

dama de copas.jpg

 

Depois da parada, continuámos no nosso entra-e-sai. Confesso que sempre que não ia com eles, para ficar com o Mateus, sentia-me quase a desabar. Cheguei a dormitar com o bebé ao colo. 

castelo noite.jpg

Saímos de lá às 22.30. Como estamos numa casa em Montmartre, tivemos de apanhar o comboio, depois um metro, sair numa estação, trocar de metro e... andar mais um bocado a pé até casa. Com tudo isto, chegámos à meia-noite e meia. Todos rebentadinhos. 

Mal se deitaram, os miúdos mal tiveram tempo de dizer "boa noite". Adormeceram num ápice. E nós também. Com o coração cheio. E um sorriso. 

27 comentários

Comentar post

Pág. 1/2