Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Dia do Filho Único (DFU)

Fui buscar a Mada à escola e depois fomos até às docas. Ela não fazia ideia do que íamos fazer. Sabia que íamos fazer um programa de miúdas mas mais nada. Mal parámos a mota, porém, percebeu. Viu passar um Hippotrip e perguntou um entusiasmado "vamos andar?" Fomos. Logo à chegada fiquei a olhar para o guia com aquela cara tipo "eu conheço-te mas não sei de onde" e ele também. Era um amigo do Ricardo, de longa data, e fez um tour espectacular, super entusiasmado. Aprendemos algumas coisas sobre Lisboa que não sabíamos e recordámos outras que já conhecíamos. A parte mais gira foi quando o carro deslizou a toda a mecha por uma rampa em direcção ao Tejo, transformando-se num barco. Na verdade, aquilo é um barco com rodas e não o contrário, mas como começamos em terra é sempre estranho quando afluímos na água. Quando terminou, jantámos nas Docas. Conversámos, rimos, fomos uma mãe e uma filha. Às vezes é importante deixar o rebanho e cuidar apenas da ovelha. Para a semana há mais, porque os filhos, não sendo todos iguais, têm todos o mesmo direito ao seu tempo, ao seu espaço, ao seu foco.

IMG_4169.JPG

IMG_4173.JPG

 

7 comentários

Comentar post