Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Detox, dia 3

O pequeno-almoço foi sumo (da Liquid) à base de laranja, abacaxi e erva de trigo (um superalimento em pó). Bom mas bom! Tinha aquele aspecto verde-suspeito mas era mesmo gostoso.
 
Depois, tinha pedido à Luz Pinto Basto, do restaurante Origem, se me arranjava um almoço que desse para comer frio, já que ia estar em reportagem algures nesse Portugal. E assim foi. Veio uma bela saladinha de atum com alface, rúcula, tomate e pimentos. Com ele vinha um saco cheio de um molho castanho assim a atirar para o espesso, com um aspecto no-jen-to. Enviei logo um pedido de socorro à Luz: que raio vem a ser isto castanho? É para beber? É para deitar na salada? Ela riu-se. Era vinagre balsâmico, mas nada que se pareça com o que uso cá em casa. Não imaginam como era BOM! Salgadinho, saboroso... ai, que rico almoço!
 
 
Depois ainda tive direito ao sumo da tarde, que foi bebido lá por volta das 19h: sumo à base de maçã, aipo, pepino e Spirulina (um superalimento desintoxicante, rico em proteínas e fortalecedor do sistema imunitário). Era verde escuro, tinha um aspecto medonho, mas voltou a surpreender. Realmente, o aspecto não quer dizer grande coisa. É como com as pessoas: há por aí gente toda gira que não vale um caracol, e depois há os feios como trovões que são uma beleza por dentro. Os sumos da Liquid são como estas segundas pessoas, sem dúvida alguma. A gente olha e pensa: «credo, antes partir uma perna do que beber isso!» E depois, é de lamber os beiços.
E agora acabo de me regalar com a melhor de todas as sopas que comi até agora: um creme de couve-flor, macio e cremoso, que me caiu aqui como um cafuné no estômago. Infelizmente... esqueci-me de o fotografar. Comi-o e só depois é que me lembrei do retrato. Paciência.
 
Hoje não se registou mau feitio, nem dores de cabeça, nem fome (excepto às 17.30, hora a que almocei por ter estado a trabalhar, e em que já sentia vários órgãos a entrarem em falência).
Sinto uma falta monstruosa do café.
 
O que mais noto, passada aquela fome tresloucada do primeiro dia, é um sono profundíssimo à noite, tão profundo que de manhã não é nada fácil acordar. ???

Volto a lembrar que este programa NÃO É PARA EMAGRECER. É um detox, que pretende eliminar do organismo todas as porcarias que uma criatura com tendência para a texugagem consome erradamente. Mais informações: AQUI.

10 comentários

Comentar post