Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Depois da Terra, este é o meu Planeta preferido

O Planeta Tangerina, onde vivem os livros mais maravilhosos, surpreendentes, fantasiosos e lindos de todo o Sistema Solar.
Acho que nunca saiu deste Planeta um livro de que não gostasse.
Estes são apenas alguns dos mais recentes.
O mais novo de todos: Montanhas. É um livro de actividades, de grande formato. Madalena Matoso desafia os leitores a tornarem-se artistas. Terão de pintar, colar, recortar, desenhar para verem as suas obras reunidas neste livro. É só deixar voar a imaginação.

Um general mandão que queria ser herói de uma história.
Para isso, impede toda a gente de passar para a página seguinte.
E o atropelo que isso significa?
Personagens e personagens amontoadas, sem conseguirem seguir com as suas vidas.
Uma ideia genial.


Dormir? Não! É tão bom estar acordado.
Este é um ABC poderoso… porque até o título do livro conseguiu adormecer.


Um dos meus favoritos. Um livro que é poesia sobre o passar do tempo. Lindo, lindo, lindo. O que cresce, o que muda, o que se gasta, o que envelhece, o que vai e não volta, o que se transforma, nós leitores inclusive, com o passar do tempo.

Edgar conhece a perda e o primeiro amor, tudo ao mesmo tempo. Vive o dia mais triste da sua vida e o mais feliz. Um romance fabuloso sobre a adolescência, sobre a confusão e a desordem que se sentem nestas idades, sobre a revolta e o apaziguamento, sobre o passado, o presente e o futuro, sobre esta difícil mas fascinante aprendizagem do mundo.


2 comentários

Comentar post