Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Comboio

Há pouco fomos levar o pai à estação de comboios de Faro. O trabalho espera-o, em Lisboa. Ficámos a acenar até a carruagem desaparecer no horizonte. O Martim ainda foi a correr ao lado do pai, até onde pôde, e depois chegou ao pé de nós todo arfante e orgulhoso da sua corrida contra a máquina. No caminho para Tavira, chorou um bocadinho, com saudades do pai. Mas a Mada logo o consolou:
- Já passa, querido... já vai passar. O papá volta depressa.... estás melhor querido?
Acabámos a viagem a rir. Já jantámos, os quatro, no jardim da casa. E agora esperamos ansiosamente que ele volte. :)

13 comentários

Comentar post

Pág. 1/2