Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Cenas que eu não faço

Eu jamais serei uma blogger de sucesso. Todos os dias recebo convites para lanches, cocktails, apresentações. Disto, daquilo, do outro. Uma festa, uma gala, um fim-de-semana. Um jantar de bloggers. Nunca vou. Nunca. Fui uma vez a um pequeno-almoço, porque era promovido pela agência onde trabalha uma grande amiga e ela pediu. E fui a um encontro de bloggers uma vez, porque tinha um propósito solidário. Só.
Não é por mal, nem é por nada. Dizem-me que devia ir, devia aparecer mais, ser mais marketeer, vender mais o meu peixe, a minha marca. Pois, sim. Acredito. Mas não tenho vida para isso, nem paciência, para ser completamente honesta. Trabalho muito, tenho três filhos, e o tempo que me sobra é para usar em coisas que me dão mesmo prazer. Dificilmente me verão, pois, em alegre convívio com outros bloggers, de roda de uma mesa de acepipes, a menos que seja um encontro de amigos que, por acaso, também têm blogues. A cena do evento comercial em que todos vamos em rebanho não é para mim. E repito: não é por mal, é mesmo porque não tenho nada para dizer, fico sem saber o que fazer às mãos e doidinha para me ir embora que o trabalho acumula sem dó nem piedade.
Pode acontecer que isto mude, um dia. Talvez venha a ser uma doidivana das festas, sempre pronta para a rambóia entre bloggers, ganda maluca. Nunca digo que desta água não beberei. Mas quer-me parecer que será uma água de digestão extremamente difícil.

15 comentários

Comentar post

Pág. 1/2