Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Cagões e galos

Ontem, em Manhente, conheci a Filipa, a Silvina e o António e gostei tanto, tanto de estar com eles. Gente boa, de bem com a vida, pessoas tão divertidas que me fizeram rir até às lágrimas. A Silvina e o António podiam bem ganhar o prémio do casal mais apaixonado do mundo! Que ma-ra-vi-lha! Vão poder ler sobre eles, em breve, na Notícias Magazine.
No final da nossa conversa, quiseram dar-me um miminho. Recebi então dois cagões, os tradicionais bonecos que representam pessoas a defecar e que são usados no presépio, sobretudo na Catalunha e em Valência (e pelos vistos também no Minho), e que têm, afinal de contas, muito que ver com o nome deste blogue. :)

Olha ali o cocózito a sair...

Também ganhei um galo de Barcelos grande e três pequeninos, para os 3 galitos cá de casa. Pintados pelo casal-maravilha. Obrigada!


Tenho a melhor profissão do mundo. Às vezes esqueço-me disso. Mas sempre que saio em reportagem, volto a lembrar-me. É por isso que não percebo o jornalismo feito ao telefone, de cu pregado na cadeira. É claro que há muita coisa que tem mesmo de ser feita por telefone e por email. Mas não há nada como estar no terreno, a cheirar e a sentir as coisas. 

13 comentários

Comentar post

Pág. 1/2