Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Boas notícias

Aqui há uns tempos falei-vos da Arina, uma menina de Cabo-Verde com uma aplasia medular muito grave, e que estava internada no Hospital Dona Estefânia, a precisar de um dador de medula com uma terrível urgência (http://coconafralda.clix.pt/2012/07/esta-e-para-quem-nasceu-em-cabo-verde.html). O pedido de ajuda chegou-me através dessa querida pediatra que é a Patrícia, julgo Beijo de Mulata, que trabalha, justamente, no Dona Estefânia.
O apelo, dessa vez, foi feito especificamente à comunidade cabo-verdiana porque a probabilidade de encontrar um dador compatível é maior quando se procura entre pessoas da mesma origem.
Pois bem, hoje trago boas notícias. A campanha de busca por um dador compatível correu mundo e, há poucas semanas, o dador apareceu, do outro lado do mundo. A Arina, se tudo correr bem, vai ficar boa e vai poder brincar, rir e crescer, como qualquer criança.
A todos os que divulgaram, obrigada.
A todos os que se inscreveram como dadores, obrigada.
À Arina... uma boa e longa vida!

10 comentários

Comentar post