Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Boa viagem!!!

Daqui a algumas horas os nossos queridos amigos, os nossos gémeos, vão apanhar um avião para longe. Nós éramos para estar com eles, nas 14 horas de voo e em Los Angeles e em Las Vegas e no Grand Canyon, e tenho a certeza que nos íamos divertir à grande nesta viagem marcada há tantos meses. Desgraçadamente, um acidente doméstico tirou-nos de cena, mas o que importa é que vai ficar tudo bem, que podia ser pior, e que eles vão divertir-se na mesma muito sem nós (quer dizer, é provável que se divirtam um bocadinho menos porque nós somos uns grandes ramboieiros ). Amigos: gozem tudo até ao último segundo! E vão-nos contando tudo, que é a maneira de viajarmos sem sairmos de casa! :)

Não posso deixar de enviar uma palavra comovida a um casal amigo, amigo há muitos anos, que se ofereceu para ficar com os nossos filhos, para que não perdêssemos a viagem. Amigos, também com três filhos, que estiveram cá em casa a insistir e a insistir e a insistir para que fôssemos, numa verdadeira lavagem ao cérebro, garantindo que tratariam de tudo, e que podíamos ir descansados.
Nós sabemos que podíamos contar convosco. Sabemos que podemos sempre contar convosco, assim como vocês podem sempre contar connosco. Mas como vocês bem sabem... mãe é mãe. E pai é pai. E um filho com tanta mazela precisa da mãe e do pai por perto. E nós jamais conseguiríamos divertir-nos lá longe, tendo por cá um filho neste lindo estado. Fica para a próxima! As viagens passam, as amizades ficam. E, claro, o amor pelos filhos consegue sempre ser maior do que tudo.

21 comentários

Comentar post

Pág. 1/3