Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Ano novo, vida... de sempre?

Todos os anos temos esta tentação de achar que agora é que é. Que vai ser tudo diferente. Que novas possibilidades se abrem. Que vamos mudar aquele nosso defeito que nos irrita mesmo. Que vamos comer menos carne, menos açúcar, menos hidratos, menos álcool. Fazer exercício a sério. Vamos ser melhores pessoas. Ter mais paciência para os miúdos. Largar as redes sociais. Deixar de fumar. Depois, ainda Janeiro não acabou e já estamos engolidos pela vida e a fazer as mesmas merdas de sempre. Ups. Escrevi um palavrão, o que, a dia 2 de Janeiro é quase uma blasfémia. Sim, o início do ano deve ser o mais impoluto possível. Como os cadernos da escola, quando o ano lectivo começa. Ninguém risca as primeiras folhas dos cadernos novos. Não se cometem erros na primeira folha ou, se por acaso acontece, tapa-se com corrector de modo a que passe tão despercebido quanto possível. As folhas dos primeiros cadernos têm a nossa melhor letra, títulos divididos por cores, sublinhados, floreados. Lembram-se? Ia ser tudo perfeito. 

Este ano não acredito que vá ser tudo diferente até porque já percebi (demorou) que o mais importante da nossa vida nem sempre é decidido por nós. Por muito que nos sintamos poderosos e donos do nosso destino, o certo é que num segundo tudo muda, tudo se transforma, tudo toma uma direcção bastante distinta da que tínhamos projectado. Mas sim, naquilo que depender de mim vou voltar a tentar fazer diferente, ainda que as resoluções não passem de Janeiro. Comer menos carne, menos açúcar, menos hidratos, menos álcool. Mudar aquele defeito que me irrita mesmo (no caso, ser desorganizada e caótica). Fazer exercício a sério. Ser melhor pessoa. Ter mais paciência para os miúdos. Reduzir o tempo nas redes sociais.

Um novo ano é como um caderno novo. Um pedaço de barro. Uma página em branco. Se entre todas as tentativas de sermos melhores houver uma ou outra resolução que se cumpre... já não foi parvo de todo ter feito uma lista de intenções e acreditado que podiam realizar-se.

FELIZ 2019!

1c4d7c9c-f32b-40df-b347-f9bbe0ca472a.JPG2e3bce06-9f2b-442d-abd4-2c7ee69985bc.jpg

Fotos: Afterclick

2 comentários

Comentar post