Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Almoço, jantar, almoço, jantar, almoço, jantaaaaaaaar (bocejo)

Já aqui o disse mas volto a dizer: estou farta de cozinhar. Tão farta. Fartinha. Chegar ao fim de um dia de trabalho duro, mais um bebé exigente que grita, que mama, que bolsa, que enche fraldas, mais os outros todos e os seus trabalhos de casa e estudos e actividades várias, e ainda ter de cozinhar… aaaargh! Não tenho paciência para me pôr a inventar, quero é despachar a coisa para os deitar a todos que o relógio não para e amanhã quem é que os levanta da cama? De maneira que lá vai um salmão no forno com limão e louro, lá vão uns bifinhos de peru grelhados, lá vai um esparguete à bolonhesa, e está feito. O Ricardo gosta da parte criativa da coisa e, quando chega a tempo, gosta de preparar pratos originais a partir dos restos do almoço ou do dia anterior (é a minha Filipinha Vacondeus - gostava tanto dela..). Já eu, odeio reinventar restinhos. Não só odeio como admito não ter qualquer tipo de jeito. E, sou franca, a certa altura apetece-me correr tudo a sopa e fruta e já está. Cozinhar uma vez por outra, pratos giros e sofisticados para os amigos, sim senhora, contem comigo. TODOS OS DIAS, AO ALMOÇO E AO JANTAR??? Secaaaaaaaaaaaa!
E vocês, pessoas? Estão no mesmo barco? O que fazem quando precisam de preparar refeições rápidas e gostosas?


55 comentários

Comentar post

Pág. 1/6