Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Ahahaahahah!

IVA pago em restauração, mecânicos e cabeleireiros dedutível em 5% no IRS

O Governo aprovou a dedução de 5% do IVA pago em facturas de prestação de serviços dos sectores de manutenção e reparação de veículos, alojamento, restauração, cabeleireiros e similares.
Desta forma “é criada uma dedução em sede de IRS, correspondente a 5% do IVA suportado por qualquer membro do agregado familiar, incluída em facturas que titulam prestações de serviços dos setores de manutenção e reparação de veículos, alojamento, restauração, cabeleireiros e similares”, diz o Conselho de Ministros.
A dedução de 5% do IVA aprovada pelo Governo terá um “tecto máximo de 250 euros por família”, disse o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio.
Contudo,segundo o Jornal de Negócios, será preciso guardar facturas no valor de 26740 euros para beneficiar do desconto máximo de 250 euros no IRS. 


Portanto, se bem percebo (e posso não perceber por ter esta incapacidade crónica para os números), para conseguir receber 250 euros, uma família tem de guardar facturas de mais de 26 mil euros em reparação de veículos, alojamento, restauração e cabeleireiros. Vinte e seis mil euros????
Bom, deixa-me lá ir ali num instante arranjar o cabelo para depois ir pôr o carro à oficina. Amanhã a ver se não me esqueço de comer fora e dormir num sítio qualquer. Uma azáfama, a minha vida daqui em diante!

29 comentários

Comentar post

Pág. 1/3