Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

...

E ontem, ao décimo dia de escola, a Madalena comeu a sopa.
Chegou a casa e exclamou: «Hoje comi a sopa toda!»
Nós aplaudimos, exclamámos, demos-lhe abraços, mas ficámos todos com uma secreta suspeita de que ela pudesse estar a aldrabar. Hoje, a querida coordenadora da Infantil confirmou: «Ontem esta crescida comeu a sopa todinha! É uma sopa especial, a do colégio! Mas nós vamos dar a receita à mãe!»

Relembro que a Madalena sempre foi, desde os 6 meses, uma espécie de Mafaldinha do Quino. uma soup hater do piorio. Tentámos de tudo. Sopa com carne, sopa com peixe, creme de cenoura, creme de legumes, sopa com fruta. Mais rala, mais grossa, com pedaços, moída. Fiz eu a sopa, fez a avó materna, fez a avó paterna, fez a amiga. Nada. Só vómitos, gritos, sopa a sair pelo nariz, sopa a escorrer pelas paredes. O pediatra rendeu-se: Esqueça a sopa! Se come legumes e fruta, esqueça a porcaria da sopa, paciência!
E agora, ao décimo dia, voilá!
I LOVE SCHOOL! 

24 comentários

Comentar post

Pág. 1/3