Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Cancer Research UK

Entrevistei o Abílio Gomes para a Time Out, para aí em 2007. Era médico, bebia já não me lembro quantos cafés por dia (mas eram mesmo muitos) e fez parte do júri que escolheu o melhor café de Lisboa. Divertimo-nos mesmo, naquela tarde maluca em que andou de poiso em poiso a provar e a dar notas aos mais variados cafés.
Agora, o mesmo Abílio Gomes, coronel médico na reforma, inscreveu-se para participar numa corrida de beneficência, cujos donativos recolhidos reverterão para a instituição "Cancer Research UK" ( http://www.cancerresearchuk.org/home), cuja investigação é feita no Hammersmith Hospital em Londres, UK.
Esta instituição, apesar de ser inglesa, trabalha em estreita ligação com várias organizações e instituições nacionais e internacionais desta área e os seus profissionais partilham os seus conhecimentos e descobertas também com instituições portuguesas como seja  o Instituto Português de Oncologia (de Lisboa), com o Instituto Gulbenkian de Ciência, entre outras instituições, hospitais e universidades congéneres porque a investigação de qualquer doença e do cancro em particular faz-se com todos, POR TODOS. 
Pode acrescentar-se que graças aos trabalhos de investigação de profissionais deste “Cancer Research UK” (ou de outros países com ligações a ele) se chegou à descoberta de drogas como o "Tamoxifen and herceptin" medicamento usado no cancro da mama e "Temozolomide" – medicamento usado num tipo comum de cancro do cérebro.
A corrida terá lugar a 23 de Junho de 2013 (este domingo), chama-se "Fullers London Pride 10k", com um percurso de 10 km e AQUI está o site da corrida para consulta.

A página do Abílio fica AQUI, para quem quiser fazer donativos que serão entregues à Cancer Research UK, a partir de 2 libras (2,35€).


Não se esqueçam: A investigação para o tratamento do cancro é "trans-fronteiriça" , internacional e aproveita a todos.

Cannes #1

CANNES LIONS, PUBLICIDADE :: NOTICIAS

Seguro funerário ganha grande prémio de Media (com vídeo)

18 de Junho de 2013 às 12:01:59, por RUI OLIVEIRA MARQUES
O júri de Media do festival de Cannes, integrado também por Tomas Gonzalez, director-geral da Mindshare, entregou o grande prémio ao case “Por que esperar até tão tarde?”, da Ogilvy Amesterdão para a Dela, uma empresa holandesa de seguros funerários. A ideia era incentivar os holandeses a dizerem uma mensagem positiva ou de agradecimento a familiares ou amigos, antes que fosse tarde. A agência de meios foi a Mediavalue Eindhoven. As agências portuguesas inscreveram 36 trabalhos mas nenhum chegou à shortlist.




Há por aí alguém?

Chegou-me um pedido de uma mulher, Cristina, de 32 anos com uma doença rara. Ela queria encontrar alguém como ela, com a mesma patologia, para não se sentir tão só. Já fiz reportagens sobre pessoas com doenças raras e sei como a falta de informação e a falta de se encontrar um «igual» são tão difíceis de suportar. Às vezes até mais do que a própria doença.
Por isso, se houver por aí alguém com Chediak-Higashi, envie um email para mim, que eu trato de reencaminhar para ela: sonia.morais.santos@gmail.com

Obrigada.

As 24 Horas do Tempo, no Pavilhão do Conhecimento


É uma iniciativa fantástica! Para comemorar o dia mais longo do ano, o Pavilhão do Conhecimento vai estar aberto 24 horas non stop entre as 18h do dia 21 de Junho (sexta-feira) e as 18h do dia 22 de Junho (sábado). E vai haver palestras com gente que vale mesmo a pena ouvir. Laborinho Lúcio, Maria Flor Pedroso, José Gomes Ferreira, Isabel Ucha, Rui Agostinho, Eduarda Filipe. Rui Horta, Henrique Cayatte, António Câmara, Patrícia Reis. Mais! Carlos Fiolhais, Eugénia Cunha, Fernando Barriga, António Lopes. António Coutinho, Luís Romariz e João Malva.
À hora do jantar vai ser bom provar as degustações dos Movimentos Slow Food Alentejo e Slow Food Algarve. Também há menos fast food, para quem não tenha assim tanto tempo.
Se sofrer de insónias, não fique em casa a contar carneiros. Assista em directo, a partir do Pavilhão do Cohecimento ao Expresso da Meia-Noite, da SIC Notícias, ou dê um pé de dança ao som da música de Elvis Veiguinha na danceteria de garagem.
Mas há muito, muito mais. Esta iniciativa chama-se As 24 Horas do Tempo. E vale mesmo, mesmo a pena! Consultem o programa AQUI!

A Cafetaria do Pavilhão do Conhecimento, Amo-te Ciência, está aberta para jantares até às 24 horas de sexta-feira e reabre às 09.00 de sábado para o famoso cacau quente.
No espaço exterior haverá na noite de sexta-feira uma roulotte com bifanas, hambúrgueres e cachorros-quentes e ainda bolas de berlim.
A área expositiva encerra à meia-noite de sexta-feira. A entrada nas exposições é paga, excepto entre as 10.00 e as 13.00 de sábado, durante o Tempo Livre para as Famílias.

Noturnos

O Grupo de Teatro Terapêutico do Hospital Júlio de Matos vai voltar à cena com a peça "Noturnos", de João Silva. A peça já tinha estado no Teatro Meridional, em Abril, e agora vai estar em cena ao ar livre no jardim do Parque de Saúde de Lisboa, nos próximos dias 21 e 22 de Junho (sexta e sábado).
Para todos os actores e equipa envolvidos nesta peça, a melhor recompensa é a presença de público!
Eu vou! Venham daí também.



E a vencedora do passatempo Timberland é...

... a Micaela Cardoso!!!
Parabéns!

Tenho o marido desempregado,
numa ilha encalhado,
a oferta de trabalho é coisa que não existe
e o pé da pequenota a crescer insiste!

A avó espera por dias melhores,
há 3 anos que anda nos Doutores,
sua coluna faz um "S"
e de padecer tanto não merece.

Poderia contar com a madrinha,
falo de uma irmã minha,
mas a ganhar o ordenado mínimo nacional,
com uma prestação de 400€ mensal...
se calhar recorro antes à vizinha!

Esqueci-me de vos falar,
que em Setembro a situação vem "melhorar"
e a pequena Letícia fazer COCÓ NA FRALDA vai ter que deixar
e a pré vai frequentar!

Apenas contando com a minha criatividade
e com a vossa generosidade,
queria então encontrar,
algo que ela possa calçar
sem ter que sua unha no chão a tocar!

Faz da bota... algo impensável...
Das botas, sandálias aparecem,
algo irremediável, 
as biqueiras desaparecem!

Preciso de algo de qualidade,
que luta arduamente contra o asfalto,
que a acompanhe nesta idade
até ela usar salto alto :)

Timberland não é santo,
mas tenho a certeza que acabaria com meu pranto!


A decisão foi da Timberland e eu tenho de dizer uma coisa: gostei muito, mas mesmo muito de algumas participações (várias) e a minha preferida foi a da Mafalda Santana (sem desprimor para a da Micaela Cardoso, que também estava muito gira).