Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

A dieta do livro

Ontem, com a emoção de ter o quarto filho nos braços, perdi o apetite. Quem me conhece sabe que é acontecimento digno de registo. Eu perco muitas coisas - casacos, chapéus de chuva, carteiras, canetas. Mas o apetite... jamé (como dizia o outro). É coisinha que está sempre comigo, a fazer-me companhia e barulhos esquisitos no bucho. Mas ontem... puff, evaporou-se. À hora do almoço, que foi quando voei para a MAC do meu livro, não almocei. Quando cheguei a casa, engoli um iogurte e uma maçã só para não ficar de barriga completamente vazia. E depois continuei sem fome e também não jantei. E deitei-me sem fome ne-nhu-ma!
Se calhar punha-me mas era a escrever livros como se não houvesse amanhã.

Pág. 13/13