Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

14 anos

Ele tinha-me convidado para jantar. Primeiro recusei, armada em difícil, que é uma arte que qualquer mulher deveria dominar. Depois disse-lhe que sim mas entretanto surgiu-me um imprevisto (na verdade, um outro jantar com um amigo de passagem por Lisboa) e voltei a adiar. Por fim, no dia 17 de Agosto de 1998, jantámos. A seguir fomos beber «a melhor caipirinha de Lisboa» (como ele a designava) ao Café de Santos. E, à saída, ele arremessou-me um beijo que selaria o início de uma bela vida a dois. Nessa noite ainda não o sabíamos. Mas a verdade é que já lá vão 14 anos. Catorze anos de namoro, 12 de casamento, 3 filhos maravilhosos e, sobretudo, o desejo de continuarmos juntos até sermos tão velhos que baralhemos as datas em que tudo isto começou.

32 comentários

Comentar post

Pág. 1/4