Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

...

Toda a gente se impressiona com o Martim a jogar futebol. Não há uma criatura que não diga que ele tem um pé esquerdo incrível, que devia jogar, que tem um talento inato, que podia ser grande e blablablabla. Ele já andou nas escolinhas do Sporting, com o irmão, mas depois fartou-se e quis ir para o surf (onde apanhou ondas desde o primeiro dia). Agora fartou-se do surf e quer voltar para o futebol. Diz que quer ser futebolista. Não sei se quer, se vai, se continua, se se farta... o que sei é que está há 1 hora, sozinho, a treinar aqui na sala: pontapés de bicicleta, trivelas, pontapés com o pé direito («para treinar o meu pé mais fraco»)... uma coisa é certa: é perseverante, insistente e teimoso. Isso a aliar ao tal talento inato de que todos falam... talvez ainda venha a dar alguma coisa. Seja no futebol ou noutra coisa qualquer.

1 comentário

Comentar post