Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

...

Esta coisa de não dormir já faz parte da minha vida. A Madalena acorda uma ou duas vezes por noite, às vezes põe-se a falar como se fosse de dia, e o meu descanso é sempre, sempre interrompido. Antes dela, já os outros eram assim. Mas há mais. É durante a noite que resolvo problemas. Ideias para textos, ideias para programas, ideias para entrevistados, tudo me surge de noite. Numa destas noites, enquanto dormia, percebi que tinha de entregar uma reportagem muito mais cedo do que estava a contar e quando acordei tratei de acelerar todo o processo. Muitas vezes acordo sobressaltada, para tratar de qualquer coisa que não tratei e que me ocorreu durante o sono. Ou seja, mesmo quando durmo não descanso. A minha cabeça está sempre a carborar.
Ando cansada. Mas a última noite foi pior ainda. Com uma noite muito mal dormida até às 5h, hora a que despertei para não tornar a dormir. Comecei logo a trabalhar às 5h. De maneira que ontem deitei-me às 22h. Ferrei. Não acordei a meio da noite com Madalenas. Estava mesmo a precisar. A ver se hoje eu sou mais eu outra vez.

16 comentários

Comentar post

Pág. 1/2